domingo, 26 de julho de 2009

Beija-me


Beija-me oh vampiro,
e tira minha inocência.
Beija-me vampiro,
me faça gemer e calar em um suspiro.
Vampiro que ronda os meus sonhos.
Beija-me e toca-me,
sinta meu corpo
tenha-me em seus braços.
Beija-me oh vampiro,
trazendo o medo e a libido.
Beija-me e deixa sua marca.
Leva-me neste prazer que mata.
Beija-me logo não e maltrata,
pesso-te não me faça esperar.
Beija-me e acaba com esta ansiedade.
Beija-me oh vampiro,
beija-me, tenha-me
Eu insisto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário