sábado, 10 de outubro de 2009

Canta pra mim


Canta e encanta,
(ah) esse olhar de criança,
olhar sedutor,
olhar de caçador.
Canta e encanta
Me enche de lembrança.
Me embalo no feitiço dessa voz,
imagino o meu mundo com você e só.
Na mão violão,
na boca canção,
voa pra longe imaginação.
Canta pra mim,
baixinho assim
e dispara coração.
Canta e encanta
com esse jeito marrento,
assim me derreto
com olhar e o jeito.
Canta e encanta,
hipnotiza e realiza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário